top of page

Expedição luso-brasileira percorre caminhos feitos por Dom Pedro I

Foto: divulgação

Com ponto de partida em Ouro Preto, Minas Gerais, o evento comemorativo percorrerá 24 cidades, tendo como destino o rio Ipiranga, em São Paulo

A Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil apoiará a realização, entre 29 de agosto e 6 de setembro, uma expedição que repetirá os passos de Dom Pedro I até a proclamação da independência brasileira, há 200 anos. Com ponto de partida em Ouro Preto, em Minas Gerais, o evento comemorativo percorrerá 24 cidades, tendo como destino o rio Ipiranga, em São Paulo, palco do grito de independência.


Ameaçada pela invasão do francês Napoleão Bonaparte, a Família Real de Portugal aportou em Salvador para uma viagem sem retorno em janeiro de 1808. No mês seguinte, a monarquia e sua corte partiram para o Rio de Janeiro, sendo responsáveis por profundas transformações no local. Mesmo que aos trancos e barrancos, com repressões a motins internos, desgastes relacionados ao monopólio comercial e insatisfação com a administração de Dom João VI, a forte influência portuguesa perdurou até o retorno do monarca à metrópole, em 1821.


Em meio à pressão para que também retornasse ao país, o príncipe regente Dom Pedro I decidiu por não abandonar as terras brasileiras em 9 de janeiro de 1822. O episódio rendeu, inclusive, nome à data como “Dia do Fico”. Azedado, o vínculo colonial foi rompido apenas meses mais tarde, com a tentativa portuguesa de restringir poderes de Dom Pedro I. Em 7 de setembro, às margens do rio Ipiranga, ele declarou independência do Brasil, passando a ocupar o posto de primeiro imperador do país no mês seguinte.


A jornada “200 Anos – Os Caminhos da Independência do Brasil” seguirá, então, o caminho de Dom Pedro I até a proclamação, visitando Tiradentes, São João Del Rei, Barbacena, Petrópolis, Rio de Janeiro. Parte do projeto Heróis Portugueses do Brasil, a iniciativa já realizou duas excursões anteriormente: uma sobre Pedro Teixeira, que consolidou parte da Amazônia ao território brasileiro, e outra sobre Martim Soares Moreno, que lutou contra a presença holandesa no nordeste.


A nova edição contará com a presença de diferentes personalidades, como o presidente de Honra da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e idealizador do projeto Antonio Bacelar Carrelhas; o presidente da Câmara Portuguesa de São Paulo, Nuno Rebelo de Sousa e o presidente do Conselho Consultivo da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, Raul Araújo Penna.


Integram a comitiva: Antonio Bacelar Carrelhas – Presidente de Honra da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, idealizador do projeto; Armando Abreu,- Presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, ex presidente da Câmara Portuguesa de Comércio do Ceará; Raul Araújo Penna, Vice-presidente do Conselho Consultivo da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, ex presidente da Federação das Câmaras Portuguesas do Brasil e da Câmara Portuguesa de Minas Gerais; Fernando Meira Ribeiro Dias, Presidente do Conselho Consultivo da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, ex vice presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, ex presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais; Rômulo Alexandre Soares, ex-presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e da Câmara Portuguesa de Comércio do Ceará; Nuno Rebelo de Sousa, presidente da Câmara Portuguesa de São Paulo, vice-presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, ex-presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil; Antonio Montenegro Fiúza, Presidente da Câmara Portuguesa de Comércio do Rio de Janeiro; e Jeferson Rios Domingues, Presidente do Elos Clube de Belo Horizonte.


Fonte: Veja

Comments


bottom of page