top of page

Países lusófonos terão banco de dados comum inédito no âmbito do comércio exterior


Foto: divulgação

O espaço econômico da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vai contar em breve com o maior banco de dados de comércio exterior alguma vez já produzido. É o que assegura Higor Ferro Esteves, diretor geral da FUNCEX Europa, entidade localizada em Portugal, e que serve de base de atuação, no velho continente e na África, da Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior – FUNCEX, com sede no Brasil. Nelma Fernandes, presidente da Confederação Empresarial da CPLP (CE-CPLP), é uma das impulsionadoras desta solução que promete dar maior qualidade às conexões comerciais das nações lusófonas.


O projeto foi anunciado no último dia 24 de abril em Lisboa, durante um evento que discutiu as “Relações Comerciais – Brasil – CPLP” e que foi organizado pela FUNCEX, em parceria com a CE-CPLP e o banco português Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Torres Vedras. Esta iniciativa decorreu no âmbito da Cimeira Luso-Brasileira e teve como intuito “fortalecer as relações comerciais e de cooperação entre o Brasil e a CPLP”.


Segundo apurámos, o banco de dados vai surgir fruto de um protocolo assinado entre a FUNCEX e a Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e vai possibilitar cruzar os dados comerciais dos nove países aderentes à CPLP. A ideia é fomentar o comércio dos Estados-membro da CPLP entre si e com outros países.


“O evento foi muito positivo. Tivemos a presença de empresários e instituições do Brasil, de Portugal e dos demais países lusófonos. O protocolo assinado foi de fundamental importância, pois será possível identificar os produtos que poderão ser comercializados com maior potencial de sucesso econômico. Pretendemos fomentar a comercialização de bens e serviços através de uma importante ferramenta de análise de oportunidades de negócios, que será conhecida como ‘COMEX Data CPLP’”, avançou Higor Ferro Esteves.


Novas ações


Este responsável sublinhou ainda que a iniciativa, que decorreu em Lisboa e que serviu também para ressaltar a relevância do papel do Brasil nessa comunidade, contou com a presença de especialistas e autoridades, como Nelma Fernandes, presidente da Confederação Empresarial da CPLP; Manuel Guerreiro, presidente da Câmara de Crédito Agrícola Mútuo de Torres Vedras e administrador da Agrimútuo; Walter Baère, diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social do Brasil; além de Flávio Lara Rezende, presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Daniel Coêlho, presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (FENACON), Ana Correia, presidente da Câmara de Comércio da Região das Beiras, e Augusto Senna, Chief Commercial Officer (CCO) na BMV Global | ESG, entre outros nomes.


“A FUNCEX Europa conseguiu, com este evento, dar mais um passo na sua finalidade de desenvolver relações com a CPLP”, afirmou Higor Ferro Esteves.


Por sua vez, António Pinheiro, presidente da FUNCEX, disse que a parceria com a Confederação Empresarial da Comunidade de Países de Língua Portuguesa é “fundamental” no processo de internacionalização da Fundação que preside e que um dos objetivos da entidade é “estabelecer conexões ainda mais profundas com a CPLP, tendo como parceira fundamental a CE-CPLP, uma organização fundada em Lisboa em 2004 e que visa incentivar a cooperação econômica entre os Estados-membros com foco nos seis espaços econômicos onde estão inseridos”.


“E se é na língua portuguesa, e na cultura comum, que temos o nosso principal ativo, enquanto membros da CPLP, é importante também avançarmos, a exemplo do que já tem sido feito, no sentido de estabelecermos condições sociais, econômicas e comerciais que tornem este grupo ainda mais forte, mais integrado, mas representativo e capaz de promover uma nova dinâmica não só entre os seus pares, mas também com outras nações”, finalizou António Pinheiro.


Fonte: Mundo Lusíada

bottom of page