top of page

Inovação e Tecnologia em Portugal por Raul Santos Neto, presidente da Câmara Brasil Portugal-Ceará


Foto: divulgação

Portugal é um país com 10,6 milhões de habitantes, distribuídos em território com 92.152 KM quadrados de terras emersas, renda per capita de U$ 24.567 e conhecido historicamente pelo desbravamento de mares e oceanos. Ao longo do tempo as percepções sobre Portugal foram se modificando, passando a ser também reconhecido, em especial, como produtor de ótimos vinhos, excelência na gastronomia, agronegócio e turismo, dentre outros segmentos.


Atualmente, novas atividades econômicas vem ganhando força na pauta portuguesa de negócios, em especial a Inovação e Tecnologia. O lançamento do VISA Tech em 2016, sistema de concessão de vistos objetivando atração de talentos, acelerou a produção de ideias e empreendedorismo inovador. A Agência Nacional de Inovação Portuguesa, vem sendo um dos principais meios de promoção do desenvolvimento de forma estruturada e consistente da inovação tecnológica.


A principal referência na política de inovação em Portugal é a Estratégia de Inovação Tecnológica e Empresarial 2018 – 2030, que fora aprovada pelo Conselho de Ministros. Um dos grandes segredos do sucesso português neste segmento tem sido a descentralização de centros de inovação, proporcionando oportunidades em boa parte do território português, acompanhada de uma interação harmônica entre a academia cientifica, meio empresarial e governo.


Portugal mantem um forte sistema de ensino, com escolas e universidades renomadas em todo o mundo. Neste sentido foram desenvolvidos programas de investimento em tecnologia, processos imediatos de internacionalização do ecossistema tecnológico, programas de transferência tecnológicas e uso de centros de interface (hubs, incubadoras e aceleradoras) como canais de multiplicação do modelo de desenvolvimento.


Dentro do segmento de inovação, vem despontando as fintechs, biotecnologia, inteligência artificial e energias renováveis, fato este que atraíram para terras portuguesas grandes corporações como Google, Microsoft e Siemens. Além dos pontos destacados anteriormente, Portugal é um dos países europeus com os menores custos operacionais, consolidando-se assim como um grande atrator de novos negócios.


Por Laços históricos, facilidade do idioma e políticas consistentes de investimento em inovação, Portugal se apresenta para empreendedores brasileiros como a principal porta de entrada do mercado europeu para o crescimento escalar de suas atividades.


Raul dos Santos Neto

CBPCE – Câmara de Comércio Brasil Portugal do Ceará


Fonte: Ebook Iracema Digital

bottom of page