top of page

Diretoria da Câmara Portuguesa de Comércio toma posse e assina protocolo com governo do Estado


A Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil empossou, nesta quarta-feira,18, a primeira Diretoria e Conselho Fiscal da 19ª Câmara de Comércio, Serviços, Indústria e Turismo Brasil Portugal - Sergipe. O evento contou com as presenças do embaixador de Portugal, Luís Faro Ramos; do presidente da Federação das Câmaras Portuguesas, Armando Abreu; do presidente da Câmara Portuguesa de Santa Catarina, Jadyr Ranzolin Junior; do governador de Sergipe, Fábio Mitidieri; do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira; além de parlamentares, secretários estaduais e empresários. A gestão estará à frente das atividades no biênio 2023-2024.

Em Sergipe, a Câmara Portuguesa foi constituída em 30 de setembro de 2022, tendo como presidente o advogado José Gabriel Beltrão e atuará no fortalecimento da integração luso-brasileira, estabelecendo oportunidades de negócios entre os países de língua portuguesa. O objetivo é promover a ampliação de parcerias internacionais que fomentem o desenvolvimento de Sergipe.


Ao lado de José Gabriel, foram empossados na vice-presidência Renata Flores Sobral; na diretoria Financeira, Karina Garcia; na diretoria administrativa,Vitória Oliveira Rocha Alves; na diretoria Jurídica, Ana Lúcia Aguiar; na diretoria de Mercado, Dager Silveira Aguiar; na diretoria de comércio e Serviços, Lucas Uriel de Oliveira Lima; na diretoria de Indústria, Celso Hiroshi Hayasi; na diretoria Turismo, Manoela Simões Leite; e na diretoria de Serviços Financeiros, Tobias Basílio São Mateus. Como conselheiras fiscais assumiram Vanessa Cristina Correia Porto, Aline Liz Pereira da Silva e Ana Paula Melo Santos.


De acordo com José Gabriel Beltrão, a Câmara Portuguesa em Sergipe será importante para trazer desenvolvimento não apenas econômico, mas industrial e cultural. “A partir dos nossos pilares de Comércio, globalizando o estado de Sergipe, seremos um instrumento de apoio à sociedade empresarial sergipana, pois acreditamos muito em seu potencial e temos o objetivo de estreitar esse relacionamento, desenvolver relações bilaterais e conjuntas entre o nosso país e todos os demais que falam a língua portuguesa visando unidade, emprego e renda”, ressaltou.


Falando sobre as potencialidades comerciais, o presidente da Federação das Câmaras Portuguesas, Armando Abreu, destacou que as relações comerciais acontecerão também com países do continente africano. “Certamente, junto com todo o ecossistema da Federação, iremos desenvolver missões empresariais e fazer uma ponte de distribuição entre os serviços e produtos luso-brasileiros, dando todo suporte às pequenas e médias empresas nesse processo de internacionalização de organização das suas atividades econômicas.”


Protocolo de cooperação


Após a cerimônia de posse da primeira diretoria executiva da 19ª Câmara, foi assinado um protocolo de cooperação com o governo de Sergipe, através das Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec) e Turismo (Setur), visando a geração de emprego e renda, através do incentivo à pesquisa, ciência, tecnologia e inovação; a elaboração de um programa de incentivos locacionais para investimentos no setor, dentre outras ações que, ao longo do tempo, gerarão novas oportunidades.


O embaixador Luiz Faro, se disse bastante satisfeito, e que em Sergipe traz o ineditismo de uma parceria entre a Câmara de Comércio e as instituições governamentais. “Importante falar que esta é a primeira vez que vejo na instalação de uma Câmara Portuguesa as presenças do governador e do prefeito da capital. Assim, estou seguro que, daqui para frente, as relações comerciais entre Portugal e o estado de Sergipe serão aprofundadas”.


O governador Fábio Mitidieri reforçou esse objetivo e mostrou que Sergipe está aberto para o mundo e para as relações internacionais. “Temos uma grande gama de setores que estão se expandindo nas áreas do turismo, da energia, do petróleo, do gás, do agronegócio. Hoje Sergipe se conecta com Portugal e tem a oportunidade de abrir o estado para novos investidores. Entendemos que vivemos um novo tempo na economia do nosso estado e estamos de portas abertas para o comércio exterior bilateral e global”, concluiu. A Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio


A Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil tem sede no estado do Ceará e iniciou suas atividades em 1999 e se constituiu, oficialmente, em 2001, a partir da identificação da necessidade de ampliar a ação das Câmaras de Comércio Brasil - Portugal com potencial para desenvolverem nos seus Estados as relações bilaterais entre os dois países. Tem por missão servir às 19 Câmaras de Comércio Portuguesas no Brasil e às relações luso-brasileiras, sobretudo, auxiliando às Câmaras na afirmação de seu papel na diplomacia econômica.


Com o propósito de fomentar negócios, realiza constantemente eventos e reuniões com a finalidade de incentivar empresários, empreendedores e investidores brasileiros a conhecerem todos os ecossistemas portugueses e suas inovações. É responsável também por organizar o calendário de missões empresariais que tem como público-alvo os sócios das Câmaras de Comércio Brasil-Portugal, além de empresários, executivos, estudantes, instituições parceiras governamentais e não governamentais.


Fonte: Politics Agência

bottom of page