top of page

Câmara da Bahia assina Protocolo de Intenções com Federações do setor produtivo baiano e Sebrae


O desejo das instituições envolvidas é de que esse protocolo beneficie as pequenas e médias empresas da Bahia, que desejam ampliar os seus negócios, levando-os para Portugal.

A Câmara Portuguesa de Comércio do Brasil | Bahia assinou um protocolo de intenções com as federações do Comércio, Agricultura e Indústria (Fecomércio-BA, FAEB e FIEB) e o Sebrae na Casa do Comércio, no último dia 06 de outubro. O Protocolo de Intenções busca coordenar as atividades das instituições com o objetivo de colaborar com a promoção das relações econômicas, sociais e culturais entre Portugal e a Bahia, de maneira a fomentar negócios e atividades empresariais bilaterais, direcionadas à internacionalização e estimulando o networking entre as partes envolvidas.

Estiveram presentes no evento o presidente da Câmara, Ricardo Galvão; Estela Ferraz, diretora executiva da Câmara; e Renata Matos, diretora de Comunicação da Câmara. Os representantes das novas instituições parceiras foram Kelsor Fernandes, presidente da Fecomércio-BA; Ricardo Alban, presidente da Fieb; Humberto Miranda, presidente da FAEB; Jorge Khoury, superintendente do Sebrae Bahia. Também estiveram presentes a diretora regional do Senac, Marina Almeida, o diretor regional do Sesc, Marconi Sousa, o vice-presidente do Gabinete Português de Leitura, Daniel Silva, os superintendentes da Fecomércio-BA, Nelson Daiha Filho, e da FIEB, Vladson Menezes, a gerente de relações internacionais da Fieb; Patrícia Orrico e Délia Coutinho coordenadora de comunicação da Fecomércio-BA.

O desejo das instituições envolvidas é de que esse protocolo de intenções beneficie as pequenas e médias empresas da Bahia, que desejam ampliar os seus negócios, levando-os para Portugal. Isso vai facilitar a participação das empresas associadas à Câmara para participar de eventos, cursos e networking com as federações produtivas e o Sistema S. "Nós precisamos realmente atender as pequenas e médias empresas. No mês passado eu estive com o Embaixador de Portugal e ele pediu que as câmaras portuguesas se aproximassem das principais entidades do Brasil. E tenho orgulho de dizer que somos a primeira câmara do Brasil que conseguiu fazer uma aliança tão forte como esta que firmamos hoje", celebrou o presidente Ricardo Galvão.

"A Câmara Portuguesa já é uma parceria da Fecomércio-BA. Para nós é uma honra participar desse protocolo e esperamos realizar muito pelos nossos países irmãos. Tenho certeza de que essa parceria será um sucesso absoluto", comemorou o presidente da Fecomércio-BA, Kelsor Fernandes. Para o presidente da FAEB, Humberto Miranda, esse é o início de uma parceria que ainda pode render muitos frutos. "Nós tínhamos essa missão de estreitar os laços comerciais e de aproximação com os fornecedores. Coloco a Federação da Agricultura a disposição e convido a todos a conhecer a Federação e nos aproximar ainda mais para que possamos traçar planejamentos de ações que podemos colocar em prática para aproximar o setor agropecuário baiano de Portugal".

"Portugal é a nossa porta de entrada para a União Europeia, que pode render parcerias não apenas com o país, mas com outros parceiros europeus", pontuou Jorge Khoury, superintendente do Sebrae. O presidente da FIEB, Ricardo Alban, reiterou que o grande desafio do grupo será encontrar os mecanismos de conexão entre as micro e pequenas empresas e o pujante mercado português.

Comentários


bottom of page