top of page

Web Summit deve movimentar R$ 1,2 bilhão no Rio até 2028


Foto: divulgação

Prefeito Eduardo Paes ainda disse que cidade terá fundo público para incentivar empresas de inovação e tecnologia na capital fluminense


A primeira edição do Web Summit no Rio deve movimentar na cidade R$ 1,2 bilhão pelo cálculo da prefeitura do Rio.O maior evento de tecnologia do mundo ainda terá outras cinco edições na capital fluminense. Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, o prefeito Eduardo Paes afirmou que o Rio terá um fundo público para fomentar a criação de empresas de tecnologia e inovação. Os detalhes do investimento serão divulgados na próxima semana.


Um estudo divulgado durante o evento mostrou que as startups do Rio atraíram US$ 1,3 bilhão (R$ 6,5 bilhões, ao câmbio de hoje) em investimentos desde 2011. Os números, revelados pela coluna Capital, mostram ainda que o estado foi o terceiro entre os que mais receberam aportes no período, atrás apenas de São Paulo e Paraná, mas vem enfrentando desaceleração no ritmo de criação de novas empresas inovadoras


Segundo prefeito, o evento propicia estimular uma atividade econômica que gera muitos empregos de mão de obra qualificada. Paes comparou que o impacto econômico dos negócios de tecnologia podem ser superiores, por exemplo, que a área de óleo e gás.


— O Web Summit não termina hoje. Não apenas pelas outras cinco edições, mas porque ele cria o ambiente propício para o mais importante: o dia seguinte. Estamos criando condições para o exercício que entendemos como natural no Rio — disse o prefeito.


Web Summit: Rio vai ter fundo público para aportar em startup que se instale na cidade


A prefeitura do Rio vai anunciar, nas próximas semanas, a criação de um fundo público para aportes em companhias de tecnologia que venham se instalar na cidade, disse Eduardo Paes nesta quinta-feira.


A iniciativa fará parte do conjunto de medidas que vêm sendo anunciadas para atração de companhias tecnológicas, como o chamado Porto Maravalley, o primeiro campus de graduação do Impa e o próprio Web Summit, onde Paes esteve nesta quinta-feira.


— Não quero antecipar detalhes, mas será um fundo público com esse objetivo. E vemos o Web Summit como uma espécie de “flagship” que nos ajudará a criar as condições para exercício de uma vocação que entendemos como natural para o Rio. O evento é uma âncora para transformar o Rio em capital da inovação na América Latina — disse Paes.


No Web Summit, o prefeito também disse ter se reunido com executivos, entre eles os da Embraer, com a qual negocia a atração da rota do “carro voador” da Eve Mobility.


Fonte: O Globo

Comments


bottom of page