top of page

Secretário das Comunidades Portuguesas faz sua primeira visita ao Brasil


Entre 26 de janeiro e 4 de fevereiro, acontece a primeira deslocação oficial do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas (SECP), Paulo Cafôfo, junto dos portugueses e luso descendentes no Brasil, informou o governo português.


A visita de Cafôfo começa em Brasília, passando pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Belo Horizonte e termina em Salvador, na Bahia. A comunidade portuguesa no Brasil conta com cerca de um milhão de cidadãos portugueses, informa a nota oficial do governo.


Segundo o gabinete do SECP, a visita “enquadra-se no conjunto de iniciativas junto da diáspora, para este mandato, denominado ‘Portugal no Mundo: Caminhos para a Valorização das Comunidades Portuguesas’, com o objetivo de reforçar laços, aproximando os portugueses residentes no estrangeiro ao nosso país e, simultaneamente, contribuir para uma visão atual da nossa diáspora”.


O SECP visitará a Embaixada de Portugal em Brasília e respectiva secção consular, os Consulados-Gerais de Portugal no Rio de Janeiro, São Paulo, em Belo Horizonte e em Salvador, e o Escritório Consular de Santos, no litoral paulista.


No caso do Brasil e no âmbito do trabalho que o MNE tem vindo a tratar sobre valorização dos profissionais a desempenhar funções nas Missões Diplomáticas e Postos Consulares, em dezembro passado foi publicada, em Diário da República, a portaria extraordinária em benefício dos trabalhadores dos serviços administrativos e consulares dos Serviços Periféricos Externos (SPE) do Ministério dos Negócios Estrangeiros no Brasil, relativa a perdas acumuladas. A portaria veio possibilitar a avaliação intercalar das tabelas remuneratórias, diante de acentuada perda de poder de compra, como se verifica no caso do Brasil com o real, com uma revisão. Esses trabalhadores terão as suas remunerações atualizadas em 48,9%, com retroativos a 1 de janeiro de 2022.


“A valorização dos profissionais da área governativa dos Negócios Estrangeiros está no centro da atenção deste ministério, ciente de que a formulação, coordenação e execução da política externa portuguesa, em todas as suas dimensões, assenta em recursos humanos reforçados e reconhecidos” defende o comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.


Na agenda, Paulo Cafôfo visitará diferentes instituições e associações, na perspectiva de “aprofundar o conhecimento, nas diferentes dimensões” da comunidade portuguesa no Brasil.

bottom of page