top of page

Governo de Sergipe lança edital de estudos para construção da ponte Aracaju/Barra


Foto: Arthur Soares

O Governo de Sergipe dá mais um importante passo em direção à melhoria da mobilidade urbana dos sergipanos. Ontem, 24, foi realizada a assinatura e o lançamento do edital destinado à contratação dos estudos de viabilidade para o projeto que visa construir uma segunda ponte sobre o Rio Sergipe, interligando os municípios de Aracaju e Barra dos Coqueiros. O ato ocorreu no Palácio Governador Augusto Franco, situado no bairro Inácio Barbosa.


Ao investir em obras de infraestrutura como essa, a atual administração estadual demonstra, mais uma vez, seu compromisso com o desenvolvimento do estado e o bem-estar da população. A nova ponte, quando concluída, trará avanços significativos e benefícios concretos para a mobilidade urbana, facilitando o trânsito de pessoas e bens entre os municípios, além de impulsionar a economia do estado, com criação de novas oportunidades de investimento, emprego, renda e fomento ao turismo.


A obra também busca mitigar possíveis impactos ambientais, uma vez que o projeto inclui estudos voltados à sustentabilidade e preservação do ecossistema local, proporcionando um ambiente mais propício ao crescimento sustentável e à qualidade de vida dos cidadãos.


O orçamento para o estudo está avaliado em R$ 13.260.237,45. O edital de licitação contempla a elaboração de Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA), a elaboração de Anteprojetos de Engenharia e os Estudos de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima). O objetivo é estabelecer diretrizes e premissas para orientar a elaboração dos estudos e anteprojeto, sendo que essas diretrizes devem ser interpretadas como indicativas.


Sendo assim, os interessados em participar da licitação são encorajados a propor inovações nos estudos, buscando aprimorar o projeto e contribuir para a viabilidade desse empreendimento estratégico para Sergipe, um projeto que promete fortalecer a conexão entre as cidades e impulsionar o desenvolvimento regional nos próximos anos.


O governador Fábio agradeceu o empenho, dedicação e união de todas as pastas envolvidas no projeto, destacando que esse tipo de investimento gera oportunidade de emprego e renda para os cidadãos. Ele também acrescentou que a meta do Programa Sergipano de Desenvolvimento (PSDI) do governo é criar um pacote de grandes de obras de infraestrutura em todos os municípios sergipanos, como rodovias, orlas e ginásios.


“Hoje é um momento muito importante para nossa população, pois é o início de uma obra que veio para marcar a vida do povo sergipano que aguarda ansiosamente por essa grande obra que não é só grande pelo investimento, mas pela necessidade da demanda existente por essa segunda ponte. Não tenho dúvidas de que é uma obra que vai promover o desenvolvimento para nosso estado, fortalecendo a economia e fomentando nosso turismo”, expressou Fábio, ao agradecer a toda equipe das secretarias envolvidas na realização desse projeto. “Tenho plena confiança no trabalho de vocês e estou satisfeito com o ritmo de nossa gestão. Mas isso só está sendo possível graças ao trabalho de cada um que vem se dedicando para que juntos sigamos inaugurando um novo tempo em Sergipe.


O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Sedurbi), Luiz Roberto, explicou que esta é a primeira etapa do processo iniciada com o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA). “Pela primeira vez, o estado está fazendo uma licitação dessa natureza com um edital muito robusto, um termo de referência muito bem elaborado, aprovado pela Procuradoria Geral do Estado. Com esses estudos, será possível saber qual o melhor local para construção da ponte, o impacto ambiental e como ele pode ser mitigado com ações que vão ser apresentadas pelos estudos, como também trarão resultados sobre qual o melhor projeto para ponte, se será por meio de concreto, balanço sucessivo, ponte estaiada, ou ainda um modelo de concepção que una essas três possibilidades”, afirmou.


De acordo com Luiz, o prazo de conclusão do estudo é de um ano e meio. “Este é o período que entendemos ser necessário para fazer um estudo bem elaborado da forma que exigimos no edital. Depois dos estudos e tudo sendo concretizado, paralelamente a gente já vai construindo, a partir do momento do EVTEA, e do início do ano do projeto, o edital e o termo de referência para contratação integrada pela nova Lei 14.133, que são os projetos básicos, executivos complementares e a obra propriamente dita”.


Desenvolvimento para a Barra


A iniciativa de construção da nova ponte surge em meio à perspectiva de instalação de novos empreendimentos imobiliários no município de Barra dos Coqueiros, tornando o projeto ainda mais relevante para o desenvolvimento da região. De acordo com o Índice Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Barra dos Coqueiros é uma das cidades que mais cresceram em Sergipe em termos de população. Em 2010, o município tinha 24 mil habitantes e, em 2022, saltou para 41.644 – um aumento de 66,7%. Outro dado importante apresentado pelo Instituto foi o quantitativo de domicílios. Como já era esperado, o instituto informou que o crescimento imobiliário na Barra dos Coqueiros nos últimos dez anos foi grande, de 9.619 mil domicílios, em 2010, para 20.169, atualmente.


Integração das equipes


O procurador Geral do Estado (PGE), Carlos Pinna Júnior, ressaltou a integração de todos para a execução desse projeto. “Nós da PGE estaremos sempre à disposição com segurança jurídica, altivez e celeridade para resolver as demandas que chegam a nós de todas as áreas do governo, a exemplo da Sedurbi. O que estamos presenciando hoje é uma demonstração da atuação integrada da Sedurbi e demais pastas envolvidas. Para mim, é um momento de felicidade ver que a Procuradoria está em sintonia e consonância com o ritmo da gestão do Governo de Sergipe”.


Contatos Câmara Brasil Portugal Sergipe

Comments


bottom of page