top of page

Câmara Portuguesa-MG lança estudo de mercado destacando potencialidades comerciais Brasil/Portugal


Foto: divulgação

A Câmara Portuguesa de Comércio de Minas Gerais (CPMG) tem a satisfação de anunciar uma grande novidade para empresários, investidores e interessados nas relações comerciais entre Minas Gerais e Portugal. A entidade apresenta uma pequena prévia de um rico e detalhado Estudo de Mercado, que em breve estará disponível para compra na íntegra. Para ter acesso a esse valioso material, basta ficar atento às redes sociais oficiais da Câmara de Minas Gerais.


O Estudo de Mercado, produzido com rigor e embasamento técnico, destaca de forma minuciosa as potencialidades comerciais entre o estado de Minas Gerais, no Brasil, e Portugal. Esse trabalho de pesquisa é uma ferramenta indispensável para aqueles que desejam compreender as oportunidades e desafios de fazer negócios entre essas duas importantes regiões.


O documento abrange diversos aspectos fundamentais para o entendimento das relações comerciais bilaterais. Inclui a Contextualização Macroeconômica, que analisa o panorama econômico de ambos os países e suas perspectivas de crescimento. Além disso, apresenta a Contextualização Comercial Internacional, sob a ótica de Portugal, proporcionando uma visão aprofundada do mercado português.


Outro ponto relevante é a análise da Contextualização Comercial Bilateral, considerando as perspectivas Brasil/Portugal e Minas Gerais/Portugal. Essa avaliação detalhada permite identificar as sinergias e oportunidades de cooperação entre as duas nações, facilitando a identificação de nichos de mercado a serem explorados.


O estudo também elenca os Panoramas de Oportunidades Comerciais, apontando setores e segmentos que se destacam como promissores para o desenvolvimento de negócios. Além disso, o documento oferece uma visão abrangente das Vantagens Competitivas de Entrada no Mercado Português, auxiliando potenciais investidores a compreenderem as particularidades e características do ambiente de negócios em Portugal.


Para acessar a prévia do estudo basta acessar aqui


Fonte: FCPCB

bottom of page